26 de jul de 2008

As barcas e o dilema do Prisioneiro

Acabo de sair da minha segunda sessão de "Batman - O Cavaleiro das Trevas", o filme é maravilho, vou comentar somente um pequeno trecho do filme a cena das "Barcas", nesta cena os passageiros de duas barcas estão enfrentando o dilema do prisioneiro, cabe aos passageiros de cada Barca escolher entre salvar suas vidas as custas das vidas da outra barca.
O dilema do prisioneiro é um problema de teoria dos jogos que propõe o seguinte:

Dois suspeitos, A e B, são presos pela polícia. A polícia tem provas insuficientes para os condenar, mas, separando os prisioneiros, oferece a ambos o mesmo acordo: se um dos prisioneiros, confessando, testemunhar contra o outro e esse outro permanecer em silêncio, o que confessou sai livre enquanto o cúmplice silencioso cumpre 10 anos de sentença. Se ambos ficarem em silêncio, a polícia só pode condená-los a 6 meses de cadeia cada um. Se ambos traírem o comparsa, cada um leva 5 anos de cadeia. Cada prisioneiro faz a sua decisão sem saber que decisão o outro vai tomar, e nenhum tem certeza da decisão do outro.

Como cada prisioneiro vai reagir?
Encaramos muitos dos nossos problemas como uma escolha única, nem toda escolha onde temos mais ganhos (ou menores danos)que os outros envolvidos é a melhor escolha, neste dilema não existe somente uma única escolha, os jogadores podem ter resultado bom, se cooperarem, e não optarem por uma escolha egoísta.
No filme Curinga apresenta o dilema para provar para Batman que Gotham está condenada, que a população é tão corrompida quanto ele, não existe mais salvação para Gotham.
Continuar com as escolhas egoístas ou fazer no melhor para todos,este é o dilema de nossa sociedade. Este é mais um tipo de dilema do prisioneiro envolvendo muitos indivíduos, chamado de tragédia dos comuns, onde indivíduos que tomam somente decisões egoístas acabam por extinguir todo o grupo.
O dilema e a solução são duas faces de uma moeda, podemos esgotar a sociedade, tendo ganhos ou sofrer danos a curto prazo ou pensar na coletividade e tomar decisões menos egoístas.

Fontes:

23 de jul de 2008

Enquete: Que vilão você é? (em inglês)

You are Dr. Doom Blessed with smarts and power but burdened by vanity.


Click here to take the Super Villain Personality Test

11 de jul de 2008

Controle da internet .br foi aprovado em votação simbólica no senado

09/07/2008 ATA-PLEN - SUBSECRETARIA DE ATA - PLENÁRIO
Situação: APROVADA
(Matéria incluída na Ordem do Dia, extrapauta, conforme acordo entre as lideranças partidárias) Discussão encerrada, sem debates. Aprovada a Emenda nº 4-CCT/CCJ (Substitutivo), ficando prejudicados o presente projeto e os Projetos de Lei do Senado nºs 76 e 137, de 2000, que tramitam em conjunto e, ainda, as demais emendas e subemendas. Leitura do Parecer nº 655, de 2008-CDIR, relator Senador João Vicente Claudino, apresentando a redação do vencido para o turno suplementar. Leitura das Emendas nºs 1 a 10-PLEN, todas subscritas pelo Senador Aloizio Mercadante. Usam da palavra os Senadores Aloizio Mercadante, José Agripino e Eduardo Azeredo. A seguir, é proferido pelo Senador Eduardo Azeredo o Parecer nº 656, de 2008-PLEN, em substituição às CE, CCT, CAE e CCJ, sobre as emendas apresentadas em turno suplementar, concluindo favoravelmente a todas elas. Usam da palavra os Senadores Adelmir Santana, Eduardo Azeredo, Aloizio Mercadante, Magno Malta e Lúcia Vânia. Aprovado o substitutivo em turno suplementar, ressalvadas as emendas. Aprovadas as Emendas nºs 1 a 10-PLEN. Leitura do Parecer nº 657, de 2008-CDIR, relator Senador César Borges, apresentando a redação final do substitutivo do Senado ao projeto. Aprovada a redação final. À Câmara dos Deputados. À SGM, com destino à SEXP.

09/07/2008 SSCLSF - SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO
Encaminhado ao Plenário.

8 de jul de 2008

PLC 89/2003 a censura na Internet .br, será falta de álcool no sangue?



Não sou adevogado ou algo que o valha, mas duas leis estão sendo discutidas o tempo todo nestes últimos dias, na verdade uma lei e um projeto de lei.


A Lei Seca aprovada em 20 de junho deste ano sobre o número 11.705, tem deixa os donos de Bares e Restaurantes desesperados, tanto que estes foram ao STF contestar a constitucionabilidade da lei, os bêbados não foram lá reclamar ainda, deve ser difícil para eles achar o caminho até Brasília estando sóbrio. Mas os resultados diretos ou indiretos desta lei são claros, o número de feridos no transito caiu em vários estados, só não sei informar se devido ao aumento no número de operações da Polícia que está ocorrendo durante a implantação da nova lei, com isso a população está evitando dirigir sobre a influencia de álcool e com isso baixando o número de vitimas de acidentes.


Enfim, a lei seca não é o foco da minha postagem, é só uma enrolação para começar a falar do LC 89/2003 que está caminhando silenciosamente no Senado, este PL "altera o decreto-Lei nº 2848, de 07 de dezembro de 1940 - Código Penal e a Lei nº 9296, de 24 de julho de 1996, e dá outras providências. (Dispõe sobre os crimes cometidos na área de informática, e suas penalidades, dispondo que o acesso de terceiros, não autorizados pelos respectivos interessados, a informações privadas mantidas em redes de computadores, dependerá de prévia autorização judicial)" ou seja criminaliza várias ações realizadas na internet, obriga os provedores a serem dedo-duro de seus usuário, os provedores devem gravar informações sobre os acessos dos usuários.

Alguns termos do PL podem inviabilizar atividades o uso de redes P2P, computação distribuída, uso de cachê, tradução e distribuição de séries, mangas, quadrinhos que não são comercializados no Brasil. Até este post poderia ser considerado ilegal pois colei partes do abaixo assinado sem perdir permissão explicita aos autores.

Um grupo de professores e pesquisadores está divulgando um abaixo assinado pedindo a rejeição do Projeto de lei http://www.petitiononline.com/veto2008/petition.html.


Uma boa cobertura do andamento do PLC está sendo feita pelo blog: http://samadeu.blogspot.com/.


Quando se trata de lei x internet no Brasil temos sempre que ficar de olho, vale lembrar de casos como Youtube X Cicarelli e as recentes decisões do TSE sobre o uso de recursos como blogs, SMS, e outros recursos tecnologicos, sem contar a censura ocorrida em uma revista que entrevistou a Candidata a Prefeita de São Paulo Marta.


Links:

http://www.senado.gov.br/sf/atividade/Materia/detalhes.asp?p_cod_mate=63967

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20080708/not_imp202086,0.php

http://samadeu.blogspot.com/2008/06/senador-quer-criminalizar-fansubbers.html

http://www.denunciar.org.br/twiki/bin/view/SaferNet/Noticia20080706043153

Obs: sei que não se adevogado e sim advogado, foi só um piada! E espero não ser preso por isso.