5 de nov de 2007

Onde fica o Brasil???

Onde fica a Argentina? Qual a capital do Brasil? Quem é o vice-governador do seu estado? E seus senadores?
Existe um vídeo que já virou piada na internet, nele um entrevistador faz varias perguntas a alguns
estadosunidenses médios e as respostas são sempre idiotas e incorretas, a maioria dos estadosunidenses não consegue localizar o E.U.A. no mapa mundi, mas nós Brasileiros estamos longe disso, leia a matéria da revista Veja que tem o chapéu do Chaves na capa.

O Brasil tem quatro mecanismos federais de avaliação do ensino: o Saeb, o Enade, o Enem e a Prova Brasil, todos de padrão internacional.
A cada vez que se divulga um de seus resultados, uma torrente de más notícias sobre a educação é despejada pelos jornais. Mas nenhum desses testes jamais captou um dado tão alarmante quanto o que surge da pesquisa Pulso Brasil, do instituto Ipsos, que acaba de sair do forno.
Os pesquisadores abriram um mapa-múndi na frente dos entrevistados (1 000 pessoas, em setenta municípios das nove regiões metropolitanas) e lhes pediram que indicassem onde ficava o Brasil.
Somente metade acertou.
É isso mesmo: o levantamento mostra que 50% dos brasileiros não sabem localizar o país no mapa. Houve os que chutaram as respostas.
Vieram desse grupo disparates de corar de vergonha. Para 2%, o Brasil fica na Argentina. Um porcentual pouco maior acha que o país se localiza na África – a dúvida é se no Chade ou na República Democrática do Congo.
Outros 29% nem tentaram responder.

A pesquisa do Ipsos tem a força de um soco na boca do estômago nacional. Quase 10% dos entrevistados que passaram por uma faculdade (tendo completado ou não o curso) não sabem que o Brasil se localiza na América do Sul.
Esse porcentual sobe para 30% entre os que fizeram o ensino médio (estágio em que um aluno deveria ter estudado geografia durante pelo menos seis anos) e aumenta para 50% entre os que iniciaram o ensino fundamental. Ignorar uma informação tão simples é o equivalente, em matemática, a não saber adicionar 2 mais 2.
Previsivelmente, o desconhecimento em relação aos outros países é ainda maior. Só 18% dos brasileiros conseguem identificar os Estados Unidos e apenas 3% localizam corretamente a França.
Quanto à Argentina, tão citada em piadas futebolísticas, 84% nem sequer desconfiam de que faz fronteira com o Brasil. Esse tipo de informação está longe de ser uma "cultura inútil".
A ignorância do mapa-múndi impede que se entendam as relações de poder entre os países e compromete o
aprendizado de história, entre outras disciplinas.
"O estudante que não decifra o mapa-múndi não reconhece o mundo concreto que o cerca. É simples assim", resume a secretária de Educação de São Paulo, Maria Helena Guimarães de Castro.
O dado irônico é que os brasileiros atribuem aos americanos uma grande ignorância em matéria de geografia.
Gostam de dizer, em tom gaiato, que os gringos não têm a mínima idéia de como se divide o planeta.
Não é bem assim. A mais recente pesquisa sobre o assunto mostrou que 86% dos americanos sabem exatamente onde fica seu país, 81% reconhecem o México, 54% a França e 47% a Argentina.
Eles dão um banho, convenhamos. A péssima qualidade dos professores está na base dessa vergonha, agravada pela falta de mapas nas escolas. Acrescente-se a falta de instrução familiar e pronto: está formado o ambiente propício para criar gerações de brasileiros que exibem uma ignorância que não está no mapa.
Nunca antes neste país: e não se trata do Chade ou da República Democrática do Congo.

Fonte
: Revista Veja, Edição 2033

0 Comments: